“Nikita”, Nova Série com Maggie Q. – Posters e Promos.

| Lido 11.475 vezes

Primeiro foi “Nikita” (1990) de Luc Besson, depois “Point Of No Return” (1993), o remake americano de John Badham, e ainda “La Femme Nikita” (1997-2001), a série americana baseada na personagem criada por Besson. Agora, o canal CW resolveu ressuscitá-la, para uma nova série a estrear em Setembro. Maggie Q. (“Mission: Impossible III“, “Die Hard 4.0“) sucede a Anne Parillaud, Bridget Fonda e Peta Wilson respectivamente, naquela que pretende ser a mais sensual encarnação da personagem. E aí estão os posters a prová-lo:

Não tenho nada contra a sensualidade (muito pelo contrário), mas chateia-me um pouco a teimosia que persiste, de tentar estragar a memória daquele que é provavelmente o melhor filme de Besson. Poderia perfeitamente fazer-se uma série nos mesmos moldes (acção e sensualidade a granel numa trama de espionagem e vingança), com uma estória e personagem originais. Mesmo assim, e após ver as promos, ficou alguma curiosidade, principalmente por contar com Xander Berkeley (“24“, “Kick Ass“) como o vilão de serviço. A estória é conhecida: assassina condenada à morte, Nikita é recrutada e treinada pela C.I.A. como assassina a soldo. O detalhe desta versão é que acontece 3 anos depois da sua fuga da agência, quando volta para acabar com a organização e libertar as suas colegas. Acção, intriga, sensualidade e explosões q.b. parecem ser o prato forte desta aposta da CW. Em Setembro ficaremos a saber se a ganha ou perde. Aqui ficam algumas promos:

5 comentários em ““Nikita”, Nova Série com Maggie Q. – Posters e Promos.”

  1. Achei a cara dela meio sem graça o.o
    já cheguei a ver as séries anteriores mas não lembro da historia
    Mas achei ela meio agua com açucar essa atriz ai. Não vi esa sensualidade toda , por usar salto alto e vestido não é ser sensual , tem mulher q consegue isso usando chinelo e fica mais sensual q ela

    Responder
  2. Nada ve essa atriz da versão remake de Nikita, também achei ela meio água com açucar. Na versão original da série a Peta Wilson era sensual sem ser vulgar e era isso que dava um toque especial na personagem. Odiei lançarem uma nova versão da série. Não vai dar certo.

    Responder
  3. A personagem por sí só é fabulosa! O dois longas citados acima, foram fabulosos, tanto com Anne Parillaud como com Bridget Fonda. A série com Peta Wilson não ficou nada a desejar. A mulheres parecem “incorporar” a personagem e nós nos habituamos a ve-las sempre. Creio que com Maggie não será diferente. Fica aqui uma indagação: Será que haverá algum longa (piloto) com ela nesse personagem? Quem souber informe, por favor.

    Responder

Deixe um comentário